Curso para novos promotores de Justiça foca na chegada à primeira Comarca

No início de abril, as promotoras de Justiça e professoras do NUGOJ, Ana Cecíla Gouvêa e Vanessa Evangelista, ministraram o curso “Gestão da Produção em Promotorias de Justiça – A Chegada à Comarca”, tendo como discentes os promotores de Justiça aprovados no último concurso para ingresso na carreira do Ministério Público do Estado de Minas Gerais.

O curso trouxe exemplos de situações reais, normalmente vivenciadas pelos membros dos Ministérios Públicos quando se deslocam para sua primeira Promotoria de Justiça. Abordou questões e formas organizadas e eficientes de encará-las, desde encontrar uma sociedade carente pela chegada do promotor de Justiça – e que gera grande demanda da atuação extrajudicial – até práticas de gestão que oferecem velocidade e qualidade na atuação jurídica, passando pela gestão dos recursos humanos, sem esquecer das atividades inerentes a quem assume a função, como o forte relacionamento com a área administrativa da Procuradoria-Geral de Justiça e a Corregedoria-Geral do Ministério Público.

Ponto chave do curso foi a abordagem da metodologia “Tratar Autos Judiciais”, desenvolvida pelo NUGOJ. Normalmente, quando um novo membro assume uma Promotoria de Justiça, esta é de primeira entrância (Promotoria de Justiça única na Comarca), de atribuição mista, está vaga há algum tempo e, consequentemente, com muita demanda reprimida. No curso, alunos e professores dialogaram e simularam as opções de tramitação de autos judiciais, entre eles, casos declaradamente urgentes, outros sem identificação, de todos os tipos de assuntos e atribuições e os que continuarão chegando em grande quantidade na primeira semana da assunção do cargo.

20180427_NoticiaCursoNovosPromotoresMPMG_v01b

NUGOJ – 26/04/2018

 

Curso no 8° Congresso Brasileiro de Gestão do Ministério Público (CNMP, Brasília)

Os membros do NUGOJ, Ana Cecília Gouvêa e Renan Couto, em conjunto com o promotor de Justiça e coordenador do Centro de Apoio Operacional das Promotorias de Justiça Criminais, de Execução Penal, do Tribunal do Júri e da Auditoria Militar do estado de Minas Gerais, Henrique Macedo, ministraram o curso “Gestão da Produção em Promotorias de Justiça – Transformando o Planejamento Estratégico dos Ministérios Públicos em Realidade para as Presentes e Futuras Gerações”, no 8° Congresso Brasileiro de Gestão do Ministério Público, ocorrido de 01 a 04 de agosto, em Brasília.

20170809_CursoCNMPb

O evento, cujo tema foi “Ministério Público e sustentabilidade: o direito das presentes e futuras gerações”, foi organizado pelo Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) e sua abertura se deu pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot. Os cerca de mil participantes contaram com mais de vinte palestras e cursos, sendo a palestra magna de encerramento proferida pelo jornalista e professor Clóvis de Barros Filho.

A turma do curso foi bastante heterogênea, com representantes de Ministérios Públicos de diversos estados brasileiros. Foram abordados conceitos, realizadas atividades práticas e compartilhadas experiências sobre planejamento, motivação das pessoas no trabalho e processos de negócio/trabalho.

Segundo Henrique Macedo, “o curso chama a atenção dos membros do Ministério Público brasileiro para a necessidade de avançar de um método de trabalho unicamente focado na manifestação processual isolada para repensar suas unidades administrativas e os órgãos de execução com planejamento, gestão e diálogo interinstitucional, de forma a otimizar e potencializar a atividade fim para que o Ministério Público possa avançar no cumprimento de sua missão constitucional de defesa da sociedade”.

Ao final do curso, a turma foi instigada a refletir sobre como o trabalho nos órgãos do Ministério Público é realizado e se há outras formas de fazê-lo, inclusive eliminando tarefas e atividades desnecessárias, salvaguardando recursos e entregando um melhor serviço à sociedade.

NUGOJ – 16/08/2017

Foto: Sergio Almeida (Ascom/CNMP), sob licença CC BY-SA 2.0

Promotora de Justiça ministra curso de gestão no Ministério Público do Tocantins

A convite do CESAF-MPTO (Centro de Estudo e Aperfeiçoamento Funcional do Ministério Público do Estado do Tocantins), no dia 26 de junho de 2017, a promotora de justiça e membro do NUGOJ, Vanessa Evangelista, proferiu o curso “Gestão da Produção em Promotorias de Justiça” para estagiários, servidores e membros do Ministério Público do Estado do Tocantins.

O curso, realizado na sede do MPTO, em Palmas, introduziu aos presentes e aos que participaram via webcasting, temas como Áreas da Gestão de Promotorias de Justiça, Papel do Promotor de Justiça como Gestor, Planejamento e Tomada de Decisão, Sistema Produtivo e Gerenciamento de Processos de Negócio.

Segundo Vanessa, “a turma foi muito participativa, com trocas de experiências pelos membros e servidores acerca dos métodos de gestão nas Promotorias de Justiça que trabalham”.

Aos participantes do curso e demais interessados em baixar gratuitamente o livro Gestão de Promotorias de Justiça e seus Processos de Negócio, cliquem aqui.

NUGOJ – 03/07/2017

Curso no MP Bahia

A abordagem foi a atuação extrajudicial

A convite do Centro de Estudos e Aperfeiçoamento Funcional do Ministério Público do Estado da Bahia (MPBA/CEAF), a promotora de justiça Vanessa Evangelista e o professor Renan Couto, no início de outubro/2016, ministraram o curso Gestão da Produção em Promotorias de Justiça: Atuação Extrajudicial, na sede do MPBA/CEAF, em Salvador.

O curso foi destinado aos promotores e promotoras de justiça do estado que, durante as aulas, realizaram diversas atividades práticas, abrangendo a atividade extrajudicial, principal demanda das Promotorias de Justiça dos alunos presentes.

NUGOJ – 05/11/2016