Lançamento do livro Gestão da Produção no Ministério Público e o Pensamento Lean

Durante o XIII Congresso Estadual do Ministério Público de Minas Gerais, realizado nos dias 30 e 31 de agosto de 2018, no The One Business Center, em Belo Horizonte (MG), foi feito o lançamento do livro Gestão da Produção no Ministério Público e o Pensamento Lean, de autoria dos membros do NUGOJ Renan Couto, Ana Cecília Gouvêa e Vanessa Evangelista.

20180903_LancamentoLivro_b

Organizado pela Associação Mineira do Ministério Público – AMMP, o XIII Congresso Estadual do Ministério Público de Minas Gerais contou com palestras e painéis sobre temas variados alinhados à atuação do Ministério Público. Entre os palestrantes, o presidente da FIEMG (Federeção das Indústrias do Estado de Minas Gerais), Flávio Roscoe Nogueira e o ministro do Supremo Tribunal Federal, Luiz Fux.

Enquanto autografavam os livros, os autores puderam explicar a relação entre o Pensamento Lean – originado nas fábricas japonesas após a II Guerra Mundial – e sua aplicação ao trabalho nos Ministérios Públicos, sobretudo com práticas de eliminação de desperdícios, o que confere aos órgãos um perceptível aumento de produtividade.

A obra possui 156 páginas e foi produzida pela Frontiq. Acompanhe as redes sociais do NUGOJ para saber sobre pontos de venda e outros eventos de apresentação do livro.

 

NUGOJ – 03/09/2018

Imagens: NUGOJ/Divulgação

Curso no 8° Congresso Brasileiro de Gestão do Ministério Público (CNMP, Brasília)

Os membros do NUGOJ, Ana Cecília Gouvêa e Renan Couto, em conjunto com o promotor de Justiça e coordenador do Centro de Apoio Operacional das Promotorias de Justiça Criminais, de Execução Penal, do Tribunal do Júri e da Auditoria Militar do estado de Minas Gerais, Henrique Macedo, ministraram o curso “Gestão da Produção em Promotorias de Justiça – Transformando o Planejamento Estratégico dos Ministérios Públicos em Realidade para as Presentes e Futuras Gerações”, no 8° Congresso Brasileiro de Gestão do Ministério Público, ocorrido de 01 a 04 de agosto, em Brasília.

20170809_CursoCNMPb

O evento, cujo tema foi “Ministério Público e sustentabilidade: o direito das presentes e futuras gerações”, foi organizado pelo Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) e sua abertura se deu pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot. Os cerca de mil participantes contaram com mais de vinte palestras e cursos, sendo a palestra magna de encerramento proferida pelo jornalista e professor Clóvis de Barros Filho.

A turma do curso foi bastante heterogênea, com representantes de Ministérios Públicos de diversos estados brasileiros. Foram abordados conceitos, realizadas atividades práticas e compartilhadas experiências sobre planejamento, motivação das pessoas no trabalho e processos de negócio/trabalho.

Segundo Henrique Macedo, “o curso chama a atenção dos membros do Ministério Público brasileiro para a necessidade de avançar de um método de trabalho unicamente focado na manifestação processual isolada para repensar suas unidades administrativas e os órgãos de execução com planejamento, gestão e diálogo interinstitucional, de forma a otimizar e potencializar a atividade fim para que o Ministério Público possa avançar no cumprimento de sua missão constitucional de defesa da sociedade”.

Ao final do curso, a turma foi instigada a refletir sobre como o trabalho nos órgãos do Ministério Público é realizado e se há outras formas de fazê-lo, inclusive eliminando tarefas e atividades desnecessárias, salvaguardando recursos e entregando um melhor serviço à sociedade.

NUGOJ – 16/08/2017

Foto: Sergio Almeida (Ascom/CNMP), sob licença CC BY-SA 2.0